18.5.09

Cloverfield: O Monstro (Cloverfield) 2008

Vocês já assistiram algum filme que assim que acabou o único sentimento que você tem é de ter perdido aquelas últimas duas horas da sua vida que você jamais vai recuperar? Pois é. Foi justamente o que eu senti ao final de "Cloverfield: O Monstro". O único sentimento bom que eu tive foi de não ter visto no cinema, mas sim na televisão pois pelo menos assim eu tenho o conforto de não ter gasto meu precioso dinheirinho com isso.

O elenco é composto de figuras razoavelmente desconhecidas (juro, tenho preguiça de ir pesquisar outros filmes feitos pelos protagonistas) em cenas bizarras de uma câmera em primeira pessoa (tá, o fato de ser filmado em primeira pessoa é o único fato que eu até acho bacana de ter sido feito assim).

O filme começa como um vídeo caseiro de um casal apaixonado e vai sendo cortado pra uma festa de despedida de um deles que está indo trabalhar em Tóquio. Dai ok, conversa vai conversa vem, do nada eles estão conversando e a cidade de Nova York começa a ser atacada por alguma coisa bizarra que a gente demora horas e horas pra descobrir o que é e, quando finalmente descobre, não descobre! Sim, não existe uma razão praquilo tudo, um monstro bizarro, o tal do Cloverfield, começa a destruir tudo, arranca a cabeça da Estátua da Liberdade num só golpe (que obviamente não é mostrado) e enfim, correria pra lá e pra cá, gritos e desespero. Sério, cansei de verdade.

Dessa vez não vou por link pra comprar. Peguei birra, hahaha, juro! Mas tá, vai o linkzinho pra alugar pra quem quiser de repente conferir se eu tô tão errado assim na minha birra com esse filme.

Cloverfield: O Monstro
Lançamento: 2008
Duração: (longos) 85 minutos
Alugue o DVD: aqui
.

5 comentários:

O Cara da Locadora disse...

Mas... para que saber de onde vem o monstro? Assim, existem muitos filmes muito bons que deixam no ar o final (posso citar agora o excelente 'Onde os fracos não em vez' e sei lá, um livro? 'Dom Casmurro' de Machado de Assis) e nem por isso deixam de ser muito bons. Cloverfield é um filme muito bom que se concentra na insanidade de uma coisa dessa acontecer e da reação dos personagens... Lembrando que J.J. Abrams não é tão bobinho assim e uma séria de notícias fakes foram lançadas antes do filme para divulgá-los, coisas como navios naufragando com produtos químicos e algas sendo retiradas nas profundezas do Atlântico por uma empresa de refigerante japonês, o que acaba nos dando uma dica de onde vem o tal monstro... Mas gosto não se discute, rs...

Gustavo H.R. disse...

Na boa, também acho que não precisa explicar tudo. Esse filme é tecnicamente muito bem feito e até os personagens não são mal-escritos. Um dos melhores do ano passado.

Cumps.

barbreca :D disse...

Esse filme passou no telecine e eu perdi. Mesmo lendo a sua crítica
ainda estou com vontade de assisti-lo . Adoro perder o meu tempo vendo filme (:

Anderson Siqueira disse...

Um filme acima da média. Que venha a continuação.

barbreca :D disse...

aah, sinceramente Cloverfield não me agradou muito não. Pra começar não sou muito fã desses filmes de monstros, ETs etc ( mesmo assim assisto). O que mais me agradou foi o modo da filmagem, tipo filme caseiro mas com imagem de excelente qualidade né. Adorei seu post (:

 
BlogBlogs.Com.Br